Voltar para insights

Cloud House Inovador

Reformando um edifício londrino

Aumentar a capacidade de armazenamento de dados dentro das limitações urbanas de Londres, no Reino Unido, significou converter um prédio com sete andares, em um centro de dados essenciais de 4,5 MW. A Cloud House oferece áreas de escritório com fácil acesso ao Canary Wharf, à Cidade de Londres e as suas diversas conexões de transporte. A Deerns participou dos projetos de engenharia mecânica, elétrica, sistemas de controles e de saúde pública.

Projeto desafiador
A Cloud House faz parte da Interxion: A Digital Realty Company que oferece às comunidades conectividade, nuvem e plataformas de conteúdo com mais de 700 provedores de conectividade em cerca de 290 Data Centers espalhados em mais de 24 países. A realização da Cloud House apresentou dois grandes desafios, sendo eles: o uso da Millwall Dock adjacente como meio de resfriamento primário e o desenvolvimento de um envelopamento do edifício situado em um local extremamente apertado para um novo Data Center e localizado próximo a uma área semi-residencial.
A Deerns dirigiu os projectos MEP (mecânicos, eléctricos e hidráulicos) para a renovação do edifício

Trabalho de projetos detalhados

A Deerns liderou os projetos de MEP (Mecânica, Elétrica e Tubulação) para reformar o edifício que foi desmobilizado até a sua estrutura central e depois reconstruído com 4 andares com espaço livre para as instalações dos servidores. A média anual de PUE (eficácia do uso de energia) na instalação é extremamente baixa graças à esta abordagem.

Também avaliamos o uso da Millwall Dock adjacente como um meio de resfriamento primário da infraestrutura de TI e das cargas auxiliares da instalação. Tomamos um grande cuidado para garantir que isso pudesse ser feito de forma a prevenir danos ao ecossistema local. Com isto em mente, restringimos a temperatura da água de saída, limitada a um máximo de 28 graus Celsius e utilizamos filtros especiais de entrada de água com limpeza automática para garantir que nenhum peixe pequeno, enguias, lodo e detritos fossem sugados para a instalação de resfriamento primário, causando danos e tempo de inatividade das instalações.

Trabalho de instalação por partes

Devido ao acesso limitado aos arredores do projeto, a entrega e a instalação dos geradores tiverem que ser cuidadosamente planejadas. Por isto, a planta foi concebida de forma segmentada em seções gerenciáveis na fábrica e, posteriormente foram reconstruídas e testadas novamente no próprio local.

BREEAM excelente 

Inaugurado em 2020, a Cloud House é o mais novo Data Center em Londres e alcançou uma excelente classificação BREEAM. Ele oferece instalações inovadoras, bem como o sistema de resfriamento Dock Water (Água da doca) de alta eficiência energética. Ao processar de forma sustentável as águas profundas do rio vizinho Tâmisa, a Cloud House oferece aos clientes os mais altos padrões de sustentabilidade, a fim de apoiar seus objetivos de ESG. É um espaço altamente seguro com acesso a mais de 195 operadoras líderes, provedores de Internet e todos os principais provedores de nuvens.

Vamos conversar

Cosimo Verteramo

Diretor de Divisão de Centros de Dados

Array